Como Amenizar os Sintomas da Menopausa

Como aliviar os sintomas da menopausa

Após a menopausa o corpo feminino passa por muitas alterações, isso acontece pelo fato do corpo cessar a produção de alguns hormônios, porém, os sintomas da menopausa não devem ser encarados como um problema, mas sim como algo natural.

O climatério é uma fase da vida que chega para todas as mulheres, entre os 40 e os 65 anos de idade. Os ovários param de produzir estrogênio, hormônio responsável pelas características femininas, e esse processo pode ou não apresentar sintomas.

menopausa

Sintomas da menopausa

Para tratar alguns sintomas típicos da menopausa, como fogacho, depressão e insônia, podemos usar terapia hormonal associada ou não a anti-depressivos e também à atividade física.

Para o envelhecimento de pele, mudança da silhueta corporal e redução do risco cardíaco, a prática de atividade física e um bom acompanhamento nutricional são indispensáveis, e a terapia hormonal aparece em segundo plano.

Para a perda de massa óssea existem hoje medicamentos mais eficazes do que a própria terapia hormonal, agindo na reposição de cálcio, e o tratamento deve ser sempre associado a uma dieta rica vitamina D e cálcio, e também com a atividade física, principalmente com a musculação e a caminhada.

A secura na região vaginal pode ser tratada com o uso de terapia hormonal sistêmica ou local através de cremes e a utilização de uma série de hidratantes e lubrificantes vaginais.

A alimentação também pode ajudar a diminuir o mal estar causado pela menopausa. Existem produtos naturais chamados fito-estrógenos, que devem ser inclusos na dieta. São exemplos de alimentos ricos em fito-estrógenos, a soja e seus derivados, o inhame e algumas frutas, como a amora.

Perda da libido

perda-da-libidoDois dos maiores causadores da perda da libido em mulheres são problemas emocionais e a menopausa. Quando a queixa chega ao conhecimento do médico, o profissional deve procurar entender os motivos que levam a mulher a não sentir mais desejo sexual por seu parceiro.

A falta de libido também pode atingir adolescentes, e o problema pode estar relacionados à métodos contraceptivos, pois certas pílulas alteram o desejo sexual.

Mulheres que acabaram de ter filhos também podem sofrer com a falta de desejo sexual, principalmente devido a medos que prejudicam a relação ou por motivos estéticos. A mulher pode ter medo de engravidar normalmente, estar com seu peito vazando leite, se sentindo gorda, além de ter excesso de progesterona e de prolactina, o que também pode alterar seus níveis de testosterona, que apesar de ser um hormônio masculino, também existe em menores quantidades nas mulheres, e é ligado ao desejo sexual.

Há situações, como na menopausa, em que os níveis de testosterona podem ficar comprometidos, e nestes casos é preciso recorrer à modulação hormonal.

Quando a mulher entra na menopausa ela pode vir a sentir a falta dos hormônios, diminuindo a elasticidade da parede vagina, provocando secura vaginal, tendo alterações na textura do cabelo, entre outros sintomas, como ondas de calor, insônia etc.

Se a falta de libido não estiver relacionada à problemas de saúde, é preciso analisar a relação com o parceiro, e o médico ginecologista ou sexólogo pode ajudar na descoberta e solução do problema.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido!