Câncer de Colo de Útero: Causas, Sintomas e Prevenção

Câncer no colo do útero

O câncer no colo do útero é o segundo mais freqüente no sexo feminino, por ano são registrados aproximadamente 10 mil novos casos da doença no Brasil, levando à mortalidade cerca de 4 mil mulheres.

O início da atividade sexual na vida da mulher é uma data muito importante, a partir daí é necessário visitar o ginecologista pelo menos 1 vez ao ano. São nessas consultas que os médicos realizam exames que podem prevenir sérias doenças, inclusive o câncer de colo uterino.

câncer-colo-uterino

Causas do câncer de colo de útero

Alguns fatores contribuem para as chances de desenvolvimento desse tipo de câncer. Atribui-se principalmente o hábito de relações sexuais cada vez mais precoces, e a multiplicidade de parceiros. Também pode ser citadas como possíveis causas o tabagismo e associação com algumas doenças sexualmente transmissíveis, que deixa o sistema imunológico da mulher mais fraco.

Câncer de colo de útero: Sintomas

Em muitos casos a doença é assintomática, mas é possível que ocorra sangramento vaginal durante as relações sexuais, e corrimentos com fortes odores.

Exames de prevenção do câncer de colo uterino

 

  • Vulvoscopia.exame-papanicolau
  • Colposcopia.
  • Papanicolau.

 

Quando esses três exames são realizados em conjunto, temos uma segurança de praticamente 100% da prevenção do câncer de colo uterino. Uma frase clássica é que se todas as mulheres se submetessem anualmente aos exames preventivos completos, o câncer de colo uterino simplesmente não existiria.

Como prevenir o câncer de colo de útero

Fazer sexo sem o uso de preservativo aumenta a chance de contaminação pelo vírus HPV, muito associado a tumores no útero. A evolução da doença é lenta e silenciosa e pode levar até 10 anos para que se percebam as lesões no útero, mas se detectado no início, são grandes as chances de cura.

Cuide de sua saúde com simples ações, vacine-se contra o vírus HPV, use preservativos nas relações sexuais, faça os exames preventivos todos os anos, alimente-se de forma adequada, pratique exercícios físicos e fique longe do cigarro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido!